top of page
  • Foto do escritorPrefiro Consórcio

Investimento em Consórcio: Prós e Contras




Antes de entrarmos nas vantagens e desvantagens do investimento em consórcio, é importante entender o que é essa modalidade de investimento.

De forma bem simples, o consórcio é a linha de crédito mais barata do Brasil. Onde um grupo de pessoas se juntam para adquirir um bem ou serviço de forma conjunta, com o objetivo de dividir os custos e facilitar a aquisição.


O Conceito do Consórcio: Crédito, Poupança e Investimento


Apenas como exemplo, vamos pensar que você está querendo comprar o imóvel dos seus sonhos, mas não tem o dinheiro para pagar à vista.

Uma possibilidade seria financiar o bem, mas você pagaria juros altíssimos para o banco. Isso se conseguisse ter seu crédito aprovado.

Outro caminho seria fazer o consórcio, pagar suas parcelas mensais (que seriam muito mais baixas) e receber seu bem depois de um tempo.

A maior vantagem disso, sem dúvidas, é a economia. Um consórcio costuma sair de duas a três vezes mais barato que um financiamento comum.


Contemplação no Consórcio: Como Acontece?


Porém, você não recebe o seu bem de imediato. Terá que aguardar a sua contemplação.

"E como ela pode acontecer?"

De duas principais formas:

  1. A primeira delas fazendo um sorteio entre todos os participantes do grupo.

  2. E a segunda através dos lances. Uma espécie de leilão, onde quem antecipar o maior número de parcelas também é contemplado.

O Consórcio como Investimento


Agora que você sabe como funciona o consórcio, podemos entrar justamente no tema desse vídeo: quais são os prós e contras desse investimento?

Indo mais afundo: será que podemos chamar o consórcio de investimento?

Afinal, apesar do consórcio não ter juros compostos, você ainda precisa pagar uma taxa para a empresa que organiza os grupos.

Logo, se você paga para uma empresa guardar seu dinheiro, como isso pode ser um investimento?

Para gente conversar sobre isso, eu preciso te explicar o conceito do API do consórcio.

Quando você vai fazer um consórcio, existem 3 principais finalidades do produto:

— Aquisição; — Poupança; — E investimento.

Ou seja, ao entrar num grupo de consórcio, você tem 3 possíveis caminhos para seguir:

Primeiro, comprar seu bem: um carro, moto, casa. Segundo, apenas guardar dinheiro. Terceiro, ganhar dinheiro.

Então, se eu entro no consórcio para comprar a minha casa própria, ele vai ser considerado investimento?

Não. Ele vai ser uma linha de crédito, com todas as suas vantagens como a economia e o planejamento. Mas não será um investimento no requisito "ganhar dinheiro."

Agora, se eu faço um consórcio e uso o crédito para comprar um imóvel para alocação. Aí é investimento? Sim, pois essa era sua finalidade desde o início.

Em outras palavras, fazer um consórcio com o objetivo de aquisição não é um investimento, já que você está usando o produto para outra finalidade.


Ganhando Dinheiro com Consórcio


Isso é muito importante que você entenda: dá pra ganhar dinheiro com consórcio?

Sim, dá, e existem múltiplas formas de fazer isso.

Porém, isso não significa que só o fato de você ter um consórcio vai te fazer lucrar com ele. Na verdade, você terá que utilizá-lo da forma correta e seguir algumas estratégias.

A forma mais usual é fazendo a revenda da sua carta de crédito contemplada.

Como eu sempre digo aqui, uma carta de crédito contemplada no consórcio vale muito mais do que você pagou por ela.

Pois, ela te permite comprar um bem de maior valor, pagando uma taxa muito baixa.

Então, se aproveitando disso, você pode entrar num grupo de consórcio, contemplar sua cota e vendê-la posteriormente.


Exemplo de Lucro com Consórcio


Recentemente, eu mesmo fiz isso e mostrei todo o processo aqui no canal.

Fiz uma carta no valor de 100 mil reais, investi apenas os 565 reais da primeira parcela. E já no primeiro mês, consegui contemplar.

Apenas 3 dias depois, vendi minha cota contemplada por 20 mil.

Ou seja, tive um lucro R$ 19.435.

35 vezes o valor investido.

Coisa que nenhum outro investimento no mundo vai te proporcionar!

Claro que, esse exemplo, foi um caso mais atípico. Não é corriqueiro contemplar no primeiro mês.

Mas vamos considerar que você entre num grupo igual ao meu, mas você demore 5 meses para contemplar.

Nesse exemplo: você teria investido ao todo R$ 2.825 e tido de puro lucro 17.175.

Ah, não Dan, eu vou demorar ainda mais.

Não tem problema: demorando 10 meses para contemplar, você ainda teria 14.350 reais pingando na sua conta bancária.

Mesmo em 1 ano de investimento: você ainda teria lucrado 13.220 reais, ou seja, estamos falando de 20 vezes o capital investido.

Se, na pior das hipóteses, demorasse 2 anos investindo, sem contemplar: ainda teria um lucro de 6.440 reais.

Se você ainda não entendeu, dê uma olhada nessa tabela que vou deixar passando aqui na tela agora.

Ela mostra a relação do seu lucro e o tempo que demora para contemplar.

Perceba que, mesmo demorando muito para contemplar, o rendimento do consórcio é muito superior ao de outras linhas de crédito, como a poupança, por exemplo.

Onde o rendimento hoje é 6,17% ao ano, 0,5% ao mês ou 0,022% ao dia + Taxa Referencial.

Portanto, um investimento de R$ 565,00, todos os meses, durante 1 ano. Renderia no final: 189,59 reais de lucro.

E comparando com o investimento no consórcio, onde você demorou um ano para contemplar, investindo os mesmos R$ 565,00 por mês. Seu lucro seria de 13.220 reais.

É até covardia fazer a comparação do tanto que é discrepante.

Mas também existem as suas ressalvas aqui.

Por isso, agora eu quero te apresentar todos os prós e contras dessa modalidade de investimento.


Vantagens do Investimento em Consórcio


Primeiro: o lucro. Esse é um investimento altamente lucrativo se comparado a qualquer outra modalidade. Eu mesmo te provei isso com os cálculos acima.


Segundo: segurança. Apesar de ser um investimento mais lucrativo, ele não deixa de ser seguro. Afinal, você está investindo num consórcio comum. Não existe a possibilidade de você acordar num determinado dia e ver seu dinheiro sumir por algum fator externo do mercado. O que pode acontecer em investimentos mais arrojados, como ações e criptomoedas. No consórcio, não, na pior das hipóteses, você está investindo numa linha de crédito barata.


Terceiro: adaptabilidade. Em muitos investimentos, você não pode mudar de plano no meio do caminho. Você precisa seguir sempre a mesma rota. Faz os aportes e reinveste os lucros. No consórcio, como você viu, por se tratar de uma linha de crédito, permite que você se alavanque financeiramente, ganhando uma boa quantia com uma venda e faça o que quiser depois. Ou, se preferir não vender a cota, pode usar seu crédito para comprar um imóvel de alocação, coisa que muitos dos inscritos aqui do canal gostam de fazer.


Quarto: aportes baixos. Essa é uma das melhores vantagens de todas. No consórcio, você consegue fazer planos onde as parcelas são muito baixas, mesmo para valores de cartas maiores. O que te dá a possibilidade de lucrar muito, correndo praticamente risco zero.


Desvantagens do Investimento em Consórcio


Primeiro: Não existe garantia de contemplação. Embora o consórcio ofereça a possibilidade de você contemplar logo nos primeiros meses, não há garantia de quando isso vai acontecer. É claro, até o final do grupo, todos serão contemplados. Isso é determinação do Banco Central. Não existe a possibilidade de pagar e não receber. Porém, quanto mais a gente demora para contemplar, menor é nosso lucro. Por isso, essa pode ser uma possível desvantagem para uma pessoa que não conhece as estratégias corretas ou não tem o assessoramento de um profissional da área para lhe ajudar.


Segundo: Pagamento mensal obrigatório. Para participar de um consórcio, é necessário pagar as parcelas mensais em dia. Caso contrário, você não participa dos sorteios, onde os contemplados sempre têm o maior lucro. O que não acontece em outros investimentos, onde você pode investir apenas quando der e não é prejudicado quando não faz o aporte.


Terceiro: Falta de liquidez. Diferente de comprar uma ação, onde todo o processo acontece dentro da plataforma da sua corretora e em poucos minutos. Vender uma cota de consórcio é um pouco mais trabalhoso. Pro pessoal que faz seus consórcios com a gente aqui do Compra Planejada, eu mesmo faço essa venda. Porém, para quem investe sozinho, é um pouco mais difícil, se comparado a outras linhas de crédito.


Conclusão

Por fim, investir em consórcio exige um pouco mais de conhecimento da sua parte.

Apesar do fundamento ser super simples: pagou as parcelas, contemplou, vendeu a cota com lucro. Você precisa ter alguns conhecimentos de estratégia de contemplação, precisa entrar no grupo certo, saber quando vale e quando não vale a pena ofertar um lance.

Coisas que, talvez, um completo iniciante não saiba como funciona.

Você mesmo, já deve ter visto pessoas famosas aqui no YouTube, falando mal do produto, simplesmente por falta de conhecimento sobre a modalidade.

É por isso que, para levar o investimento em consórcio para mais pessoas, que eu sempre coloco a minha equipe do Compra Planejada a sua disposição.

Se você se interessou pela modalidade, se viu uma oportunidade de lucrar e investir seu capital.


Entre em contato com a gente pelo link do nosso WhatsApp que está na descrição desse vídeo.


Lá, um dos nossos especialistas vai te atender, ver quais suas necessidades e te ajudar a investir no produto do jeito certo.

Como você viu, existe uma oportunidade muito grande aqui. Eu mesmo, tenho 32 cotas simultâneas de consórcio e, a maior parte do meu capital, está investido nesse produto.

Eu falo muito do consórcio aqui, pois ele mudou a minha vida e, sem dúvidas, tem tudo para mudar a sua também.

Bom pessoal, esse foi o vídeo de hoje. Espero que eu tenha te ajudado.

66 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page